Auto-imagem e estereótipo do bibliotecário

Journal article


Authors / Editors


Research Areas

No matching items found.


Publication Details

Author list: Barreto Nunes M
Cardoso, S
Publisher: Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Publication year: 2015
Journal: Cadernos BAD (0007-9421)
Issue number: 1
Start page: 23
End page: 44
Number of pages: 22
ISSN: 0007-9421
Languages: Portuguese-Portugal (PT-PT)


Abstract

A imagem profissional do bibliotecário, bem como a importância que esta tem sobre a forma como a profissão é perspectivada e tratada pelas respectivas hierarquias, tem sido amplamente debatida, sobretudo pela forte associação a um sem número de
estereótipos que a marcaram e marcam. Este estudo procurou conhecer a autoimagem
dos bibliotecários de bibliotecas públicas em Portugal. Foi aplicado um
inquérito por questionário a uma amostra de 194 profissionais de bibliotecas
públicas e realizadas entrevistas semi-estruturadas a dez bibliotecários de diferentes
zonas do território nacional. Os resultados mostram que o dinamismo e as novas potencialidades das bibliotecas municipais têm vindo a alterar a imagem do bibliotecário, que se sente menos associado ao estereótipo de “rato de biblioteca”.
Contudo, considera-se ainda incompreendido por uma sociedade que pouco frequenta as bibliotecas, e defende a união da classe, apelando à divulgação de uma imagem mais ajustada da profissão.
ABSTRACT: The librarian professional image, as well as its reflection on the way the profession is regarded and treated by the hierarchies, has been widely discussed, and marked by
the association with stereotypes of diverse kind. This study aims to reveal the selfimage
of librarians from public libraries in Portugal. A questionnaire survey was
applied to a sample of 194 public librarians and complemented with semi-structured
interviews to 10 professionals from different parts of the country. The results show
that the dynamism and potential of the new public libraries have been changing the
image of the librarian, who feels less associated with the stereotype of "bookworm".
However, still feeling misunderstood by a society that scarcely attends libraries, the
librarian defends the union of the class, willing to conquer a more adjusted image of
the profession.


Keywords

No matching items found.


Documents

No matching items found.

Last updated on 2019-10-08 at 00:30