Os Juízes e a Política: o mito da apoliticidade dos Juízes

Zeitschriftenaufsatz


Autoren/Herausgeber


Forschungsfelder


Details zur Publikation

Autorenliste: Brito W
Jahr der Veröffentlichung: 2021
Zeitschrift: Scientia Ivridica (0870-8185)
Bandnummer: Tomo LXX
Heftnummer: 355
Erste Seite: 127
Letzte Seite: 170
Seitenumfang: 44
ISSN: 0870-8185
Sprachen: Portugiesisch-Portugal (PT-PT)


Beschreibung

O activismo judicial é a forma que assume a intervenção dos Juízes na política. Esta intervenção, ocultada por um discurso jurídico em que a interpretação e a aplicação da lei, em especial em matéria de controlo da constitucionalidade, são constituídas em instrumentos técnicos que a legitimam e, ao mesmo tempo, alicerçam a construção do mito da neutralidade e da apoliticidade dos Juízes. Os demais poderes – Legislativo e Executivo – toleram esta intervenção até um determinado limite, que uma vez ultrapassado provoca forte e firme reacção do Poder Político. É no Parlamento que, com total clareza, se manifesta essa reacção através dos debates em que se denuncia a intervenção dos Juízes na política, se desconstrói aquele mito e se discute a criação de mecanismos de controlo que permitem manter aquela intervenção dentro de limites aceitáveis, bem como de instituições que permitem disciplinar a conduta cívica e política dos Juízes. Aquele activismo e esta reacção política provocam e alimentam a permanente tensão política entre o Poder Legislativo, apoiado aberta ou discretamente pelo Poder Executivo, e o Poder Judicial. É esta tensão que está na origem da criação do Conselho Superior da Magistratura e dos sindicatos dos Juízes.


Schlagwörter

Es wurden keine entsprechenden Inhalte gefunden.


Dokumente

Es wurden keine entsprechenden Inhalte gefunden.

Zuletzt aktualisiert 2021-28-09 um 09:56